Você sabe o que é uma doença Zebra?

 

 

Zebra 003jpg

Você sabe o que é uma doença Zebra?

De acordo com MedicineNet.com:

“O termo ‘zebra’ na medicina não se refere ao animal listrado Africano, mas a uma possibilidade improvável de diagnóstico. Ela vem de um velho ditado ao ensinar de estudantes de medicina a respeito de como pensar logicamente em relação a um diagnóstico diferencial: ‘. Quando você ouve batidas dos cascos, pense em cavalos, não zebras”. É um atalho para o aforismo cunhado na década de 40 pelo Dr. Theodore Woodward , professor da Universidade de  Maryland , que instruiu seus estagiários : “Quando você ouvir cascos, pense em cavalos não zebras”.  Uma vez que os cavalos são comuns em Maryland enquanto zebras são relativamente raros. Em 1960, o aforismo era muito conhecido nos círculos médicos.

 

Uma doença ou distúrbio Zebra é aquele que é difícil de diagnosticar, não é  muito bem conhecida e, por vezes, afeta pessoas em menor quantidade que  outras doenças. No entanto, quando somadas, as pessoas afectadas por várias doenças Zebra superam em muito aqueles afetados por uma única  doença conhecida.

Doenças Zebras também são chamadas Fascinomas.

Uma Zebra particular é Síndrome de Ehlers-Danlos (SED)
É uma doença crônica causada por um defeito genético na síntese do colágeno. Ela carrega uma grande variedade de sintomas, muitos dos quais são altamente dolorosas e algumas das quais podem ser fatais.

Não há cura.

Os sintomas comuns incluem articulações flexíveis que facilmente deslocam e degradam, a pele elástica, curvatura da coluna vertebral (escoliose), dor consistente, problemas na mandíbula,  início precoce da artrite,  cárie dentária espontânea, vasos sangüíneos frágeis e problemas cardíacos, deficiências musculares, colapso do pulmão,  alergias (como a lactose, fios absorvíveis ou sabonete),  de distúrbios de humor, como o TOC.

Várias fontes confirmam e negam alguns destes sintomas, enquanto outros são mais amplamente aceitos.
De acordo com sites de diversas informações, estima-se que cerca de 1 em 5.000 pessoas no mundo têm este distúrbio genético de alguma forma, e 1 em 10.000 têm a forma mais comum, chamado de hipermobilidade.

Nem tudo é capaz de retardar o aparecimento de futuros sintomas somente alguns medicamentos e tratamentos paliativos que em nada agem sobre a causa.

Mais pesquisas precisam ser realizadas para que as pessoas com distúrbios como SED possam ser ajudadoas. Mais financiamentos deveriam ser investidos nesses grupos, a fim de que mais pesquisas possam ser realizadas

zebra10

#SOMOSTODOSZEBRAS foi uma homenagem ao dia

 15 de maio o dia que escolheido para conscientização da Síndrome de Ehlers-Danlos

Alvaro Alaor

Alvaro Alaor Pilates – SHIS QI 13, Bloco E, salas 13/14, Lago Sul, Brasília. Fone: 61- 9385-3838

 


Deixe uma resposta