O que significa ser HUMANO?

Eu hoje compartilho com vocês um texto muito forte, mas muito lindo.

Você pode concordar com alguma coisas, descordar de outras, concordar com tudo. O inegável é que o texto mexe conosco.

Você já parou para pensar por que esta aqui na terra, neste espaço de tempo? Quem é você, ser humano?

Quem é Deus? O que é seu corpo? O que sua alma? Não pensa nisso, apenas pensa em viver e seguir os padrões? O que são nossos medos e baixas emotivas?

Perguntas  que mexem com coisas que as vezes escondemos d nós mesmos e não queremos falar, demonstrar. A autora escreve tudo isso no texto. Na minha opinião um texto para ser lido várias vezes

 

Alvaro Alaor

human2

 

O que significa ser HUMANO?

Por Inelia Benz

Frequentemente as pessoas dizem coisas como “eu sou apenas um ser humano” “é da natureza humana fazer isso”. A maioria das vezes em relação a ações negativas. Há um adjetivo que é usado positivamente, que é “humanidade” (no sentido de compaixão, nota do tradutor).

Há tanta informação conflitante sobre de onde viemos. Alguns dizem que fomos criados por um Deus, outros que evoluímos dos macacos. Outros que nós somos uma mescla de material do DNA alienígena e terráqueo.

E, nossa natureza, o que significa ser um de nós, como seres humanos, está na extensão (mistura) de nossas programações religiosas, culturais e sociais.

Eu gostaria de compartilhar com você o que ser humano representa. Também, te mostrar um ponto de vista como uma observadora que é provavelmente diferente da maioria.

Primeiro de tudo, eu vejo um ser humano como uma relação simbiótica entre uma “pessoa” e seu “corpo”. O corpo possui sua própria inteligência, assim como seu próprio caminho evolutivo. O corpo é a manifestação mais evoluída da Divina Consciência.

É incrível como tantos sentimentos, emoções, pensamentos e estados de “ser” estão somente no corpo. Incluindo o medo da perda. Ou mau humor devido à baixa taxa de açúcar no sangue. Ou querendo estar com outros seres humanos.

O segundo pequeno segredo é que todos nós precisamos ativar as capacidades e a habilidades do corpo humano, de aumentar o nível dele e da nossa vibração. E tudo que nós precisamos fazer para atingi-lo é desintoxicar-se fisicamente e vibracionalmente, ambos ao mesmo tempo. E Fisicamente pelo que comemos e bebemos e vibracionalmente pelo processamento de nossos medos.

A pessoa, ou “alma”, é a manifestação mais evoluída da Divina Consciência como o Outro.

É claro, quando nós olhamos ao redor, nós vemos tantos indivíduos, incluindo nós mesmos às vezes, que não parecem muito evoluídos.

Aí é onde o véu do esquecimento entra. Para jogarmos o jogo no nível da singularidade neste planeta, nós escolhemos esquecer nossa divindade e onipotência.

Todo ser de consciência única, sendo um ser humano ou uma outra espécie, tem por padrão (“de fábrica”) esquecer o que é ser a Fonte. Existem diferentes níveis de esquecimento na medida que nós nos tornamos singularidade, mas há sempre algum nível destes.

A razão de estar neste planeta também varia para cada pessoa aqui. Muitas simplesmente querem se manter vivos pelo simples fato de viver, não importando o que a vida traga para ela. Outras buscam “evoluir” em algo mais. De algum modo mais desperto talvez. Ascender a um estado de vida que é mais “alto vibratoriamente” do que nós temos agora.

Pessoalmente falando, nenhuma dessas opções se aplicam a mim. Eu estou aqui para realizar uma tarefa, que é aumentar o nível vibracional do planeta, e tudo o mais é irrelevante. Até onde eu posso ver, não tive uma vida como “alma” antes desta vida, tampouco terei outra após esta.

Ao mesmo tempo, eu tenho 45 anos de história neste planeta. A maioria destes anos foram gastos no anonimato. Eu também tenho 4 crianças, dois irmãos e muitos parentes e amigos. Basicamente, eu tenho vivido uma vida “humana”.

A maior parte do tempo que eu tenho passado como ser humana tem sido um completo enigma para mim. Uma experiência bastante desagradável e indesejada em um nível experiencial. No entanto, o que eu “sinto” sobre existir na singularidade embora irrelevante em um nível “pessoal”, se provou muito útil para o trabalho ao qual eu vim fazer.

Nunca foi tão excitante ser humano, neste particular tempo/espaço planetário atual. De um lado temos milhões de indivíduos que encarnaram aqui de outros planetas e dimensões, nas décadas passadas, para aumentar o nível vibracional da Coletividade Humana. De outro lado, temos um grupo inteiro de seres cientes que tem consumido a energia gerada pelos humanos por milhares de anos, e à medida que aumentamos o nível vibracional do planeta, o planeta inteiro está se tornando tóxico para eles e eles estão fazendo tudo que podem para manter o “gado” adormecido.

Guerra, fome, pestilência (e o medo que eles acarretam) são completamente não naturais para a espécie humana. É por isso que muitos soldados voltam “quebrados” das zonas de guerra. Nós não fomos feitos para viver em ambientes de baixa vibração.

Morte é somente experienciada no nível “corporal”. O corpo morre e desintegra. Sua inteligência se move e forma outro corpo material. O ser / alma / personalidade pode ser transferido para o corpo feminino/masculino, pode mesmo trocar de corpo e pode reencarnar em um novo corpo uma vez que ele se desconecte do anterior.

Então por que estas outras entidades “negativas” querem que continuemos adormecidos? Por que eles nos usam como suas baterias pessoais?

A razão é que nossos corpos são os mais incríveis artefatos em existência. Nós não somente criamos coisas no mundo material, mas nós podemos gerar enormes quantidades de energia / vibração em nosso corpo físico e sutil. Como estes seres negativos não são nativos de nossa “matriz”, eles precisam se alimentar de algo para poderem existir. E este algo são nossos medos e emoções de baixa vibração.

Quando ando pela cidade, fico encantada com o que nós criamos. Das pequenas coisas, como uma lâmpada por exemplo, até as mais incríveis construções e toda a tecnologia que é utilizada para manter isso em funcionamento. Até algo como um carro, é fantástico de ser observar.

Nós, como espécies, criamos tecnologias que compensam todas aquelas habilidades que nos foram tiradas milhares de anos atrás. Mesmo que a maioria de nós não consiga facilmente se comunicar telepaticamente com algum indivíduo ou grupo à distância, telefones foram criados para tornar isso possível. Mesmo que, apesar de a maior parte de nós não conseguirmos acessar o banco de dados da coletividade buscando informações e habilidades, nós criamos a Internet através da qual conseguimos fazer justamente isso. Mesmo que a maior parte de nós não consiga se teletransportar pelo mundo em um instante, nós criamos várias maneiras rápidas de nos transportarmos.

Há muito ainda a aprender, a partir de minha perspectiva, de o que significa ser humano. Porém, uma coisa eu sei; é que nós estamos todos aqui, nesta junção de espaço e tempo, para ser somente isso: HUMANO.

Tradução: Colaborador Soubem. Fonte: http://www.ascension101.com/en/ascension-information/51-november-2011/171-what-it-means-to-be-human.html

 Alvaro Alaor Pilates, SHIS QI 13, Bloco E, Salas 13/14, Lago Sul, Brasília Fone: 61-9385-3838

 

Deixe uma resposta