Diástase do reto abdominal

Este post é uma pequena demonstração do que é a diástase, escrevemos um Ebook, abordando todos os aspectos desse problema, como ele se forma, anatomia dos músculos, ilustrações, qual a população pode ser afetada além das grávidas e motivo para isso acontecer, quais os motivos de homens terem diástase e maioria não procurar ajuda, cirurgia plástica e exercícios, quais profissionais para ajudar na solução da diástase.  Este Ebook  esta disponível nesse link

 

Diástase reto abdominal

Este artigo foi escrito no intuito de ajudar nossos pacientes portadores de  Diástase Reto Abdominal, a entenderem o que é esta patologia. E também para que possam conversar com as amigas gravidas com mais propriedade. Este artigo não foi escrito com intuito de ser  tecnico para facilitar a compreensão de todos. Mas temos um outro totalmente técnico que disponibilizamos aos nossos clientes para que as mesmas possam levar aos seus profissionais de saúde.

post-pregnancy-workout

Diástase reto abdominal

O que é isso?

Diástase do reto abdominal é uma separação da linha média (linha alba) dos músculos reto da parede abdominal. É uma abertura da linha média, no abdômen,  palpável de mais de 2,5 cm, ou qualquer abaulamento visível durante esforço é considerado como uma diástase. A diástase reto abdominal comumente ocorre ao redor do umbigo, mas pode ocorrer em qualquer lugar entre o processo xifóide e o osso púbico. Isso ocorre devido há uma fraqueza da musculatura abdominal junto com alterações hormonais maternas e aumento da tensão na parede abdominal pelo útero crescente. A diástase reto abdominal pode ocorrer em diferentes graus durante a gravidez e pode não resolver-se espontaneamente no período pós-parto.

Quais são os sintomas ?

  A diástase reto abdominal é mais comum em mulheres que tiveram múltiplas gravidez causando repetidos estiramento dos músculos. Excesso de pele e de tecido mole na parte da frente da parede abdominal podem ser os únicos sinais desta condição no início da gravidez. A diástase reto abdominal geralmente aparece no segundo trimestre. Os picos de incidência no terceiro trimestre mantém elevado no período pós-parto imediato.

abdomen

Quais os problemas?

Esta separação do músculo reto abdominal pode causar uma série de problemas. Sem a estabilização dinâmica que os músculos abdominais fornecem a fraqueza na parede abdominal pode comprometer a estabilidade corporal e a mobilidade; contribui para aparecimento de dor nas costas , compromete a postura, hérnias, além de problemas estéticos e as ultimas pesquisas relatam incontinência urinária.

As dores na coluna lombar ou na região pélvica são as manifestações mais comuns de uma diástase reto abdominal. Um estudo retrospectivo realizado em 2007 por Spitznagle examinou a prevalência da diástase reto abdominal em uma população de pacientes uroginecológica,  foi diagnosticado que 66% de todos os pacientes eram portadores diástase reto abdominal tinham disfunção relacionadas ao suporte do assoalho pélvico e incontinência urinária de esforço, incontinência fecal e prolapso de órgãos pélvicos.

Como ocorre uma perda de efetividade nas transferencias de forças uma mãe somente deve voltar a praticar esportes, correr, musculação após um tratamento efetivo. Isso se deve porque se iniciarmos nestas atividades sem o corpo estar com estratégias corporais adequadas  para a função e o desempenho corporal que vão garantir uma mobilidade controlada, a preservação da continência e apoio dos órgãos e da respiração fatalmente ocorrerão outros tipos de lesões e muitas vezes estas lesões não serão relacionadas com a diástase, mas na realidade estão totalmente interligadas.

A ultra-sonografia (ultra-sonografia em tempo real) é um método preciso para medir a diástase. No entanto, um profissional de saúde pode realizar um teste de palpação rápido para avaliar a diástase. Uma elevação da cabeça e dos ombros até as escapulas vai exigir uma contração músculo reto abdominal, e permitirá a avaliação da diástase. 

Caso você tenha o diagnostico de diástase, é preciso tomar algumas precauções durante a pratica de exercícios e outras atividades.

Diastase 2

Tratamento

O tratamento conservador, com exercícios terapêuticos específicos dirigidos por um fisioterapeuta ou profissional de saúde bem familiarizado com diástase reto abdominal, é geralmente a primeira linha de intervenção. Tais exercícios visam o fortalecimento dos músculos profundos do core, como o transverso do abdome e os músculos do assoalho pélvico. Exercícios abdominais mal executados podem causar um aumento na pressão intra-abdominal, esta força pode causar mais separação dos retos, e respectivamente piorar a diástasse ou ocasionar uma hérnia.

Por isso, é importante monitorar diástase (e a hérnia se houver) antes de prescrever qualquer exercício. Exercícios abdominais inadequados incluem sit ups, straight leg raise,  movimentos de Pilates como  hundred e, especialmente, as atividades rotação do tronco, como criss-cross e roll-ups (modificados) que têm como alvo os oblíquos, pode esticar os músculos abdominais em excesso. Isso nos mostra que não é qualquer profissional que esta preparado para lidar com a diástase, valendo para professores de Pilates, educação física e fisioterapeutas.

Estratégias ideais para transferência de forças irão equilibrar o controle de movimento, mantendo os eixos comuns ideais, mantendo a pressão intra-abdominal suficiente, sem comprometer os órgãos (preservar a continência, prevenir o prolapso ou hérnia) e apoiar a respiração eficiente. Estratégias não-ideais para a postura, movimento e / ou respiração criam falhas na transferência de forças que pode levar à dor, incontinência e / ou distúrbios respiratórios.

Uma fraqueza nos músculos do núcleo contribui para a força de fechamento insuficiente da articulação sacro-ilíaca levando à instabilidade pélvica, que pode eventualmente levar a uma instabilidade e dor região lombar e no quadril. No cenário de um pior caso, essa separação dos retos pode resultar em uma hérnia. Assim, uma vez que a diástase é identificada, o paciente é convidado a marcar uma consulta inicial com o fisioterapeuta e iniciar o tratamento o quanto antes melhor.

Estúdio

Temos uma equipe preparada para realizar estas atividades de forma segura e para que possamos fechar esta diástase reto abdominal o mais rápido possível, além de um posterior acompanhamento e de uma maneira geral seguimos os seguinte planejamento.

Na visita inicial, o paciente recebe instruções sobre i) a mecânica corporal correta, ii) a postura correta, iii) exercícios apropriados para ativar a musculatura abdominal, e iv) exercícios adequados para re-aproximar as barrigas retos sem aumento da pressão intra-abdominal .

Em cada visita posterior, o paciente é ensinado i) para voltar a treinar o controle concêntrico  e excêntrico da musculatura abdominal e ii) para simular o papel funcional da musculatura abdominal na estabilização do tronco.

Recomendações sobre atividades físicas e esportivas em casa e na comunidade também serão dadas em visitas subseqüentes. O paciente recebe alta quando a diástase está fechada. Mas aconselhemos um trabalho de manutenção que fica a criterio do aluno.

diastase 1

Prognóstico

O prognóstico é muito bom e quase todos os pacientes melhoram. Na maioria dos casos, a diástase geralmente cura ao longo de um período de pós-parto, de 6 semanas a 3 meses. No entanto, se a diástase persistir por muito tempo após o parto uma intervenção pode ser necessária para a recuperação da diástase. Exercício terapêutico específico pode ajudar a melhorar. Hérnia umbilical pode ocorrer em alguns casos. Se a dor persistir, pode ser necessária cirurgia. Em geral, as complicações graves só surgem quando uma hérnia desenvolve. Lembrando que mesmo fechando a hérnia é necessario um trabalho de fortalecimento de toda a região para que as mamães não tenham no futuro uma história de incontinencia urinária ou fecal, ou lesões por ineficiência na transferencia de forças pelo corpo.[private][/private][payperpost]

Conclusão

Mulheres com diástase do reto abdominal geralmente tiveram  gêmeos paridade, ou bebês maiores que precisaram nascer por cesariana, ou tiveram mais de uma gravidez. Estudos sugerem que a recuperação espontânea pode estar associada com menor paridade, partos únicos, ganho de peso inferior a 35 quilos, o peso de nascimento do bebê menor que 3,7 kg, aumento dos níveis de atividade antes, durante e após a gravidez. Isso significa que uma mãe que estiver sendo acompanhada com profissional do movimento antes do parto também terá menos probabilidade de ter diástese.

Clinicamente, o bom cumprimento do programa de tratamento e início precoce do tratamento pode também aumentar a recuperação. Portanto, medidas profiláticas, como a rotina de triagem / e identificação da diástase e posterior cuidados a todas as mães durante a gravidez e no pós-parto imediato pode ser benéfico no longo prazo.

aa49mini

 

SHIS QI 13, Bloco E, salas 13/14, Lago Sul, Brasília. Fone: 9385-3838 ou 61-3365-4751

Referências:

1. Anderson, DM. Mosby’s Medical Dictionary. 6th ed. St. Louis, Mo: Mosby; 2002.

2. Boissonnault J.S. & Blaschak M.J. Incidence of Diastasis Recti Abdominis During the Childbearing Year. Physical Therapy July 1988vol. 68 (7), p 1082-1086
Chiarello, C. M.

3. Research Study: The Effects of an Exercise Program on Diastasis Recti Abdominis in Pregnant Women. Journal of Women’s Health Physical Therapy: 2005:29(1), p 11–16.

4. Marx J. Rosen’s Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 6th ed. St. Louis, Mo: Mosby; 2006.

5. Mendes D.A. et al. Ultrasonography for measuring rectus abdominis muscles diastasis. Acta Cir Bras. 2007:22(3):p 182-6.

6. Spitznagle T.M., Leong F.C. and Van Dillen L.R. Prevalence of diastasis recti abdominis in a urogynecological patient population. International Urogynecology Journal 2007: 18(3), p 321-328, DOI: 10.1007/s00192-006-0143-5

 

written by

The author didn‘t add any Information to his profile yet.
Related Posts

224 Responses to "Diástase do reto abdominal"

  1. GEILA says:

    GOSTARIA DE SABE QUANTO TEMPO DEPOIS DE UMA CESAREANA POSSO INICIAR O TRATAMENTO?

    Responder
  2. marcia says:

    Se descobrir a diastese somente 6 meses depois do parto tem como melhorar somente c exercicios?

    Responder
  3. Daniele Costa says:

    Bom dia, eu tenho diastase de 2.4, e sinto muitas dores, com esse tratamento ela volta pro lugar? Obs: essa noite do lado direito, senti como se estivesse algo se deslocando, e agora não consigo deitar, pois não tenho posição, pq dói!!
    Eu sou do rj, tem alguem q poderiam me indicar?

    Responder
  4. Tatiana says:

    Oi já tive filho a 8 anos atrás e não tratei a minha diástase. Ainda posso tratar ? Há algum centro de pilates especializado aqui no Rio de Janeiro ? Não sinto dores mas as vezes incômodo com exercícios.
    Att,
    Tatiana

    Responder
  5. Conceição Silva says:

    Boa tarde, tenho diástase dos retos abdominais em abdome superior.não identificam nódulos no hérnia. Tenho hernia umbilical . Como devo agir?

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Olá tudo bem?
      Eu precisava saber mais a respeito, vc teve gravidez, gêmeos, mais de uma gravidez, faz alguma atividade física, o seu tônus muscular etc. Acredito que o melhor é procura ou seu clinico geral ou obstetra

      Responder
  6. luane says:

    Ola , tive meu filho a quase seis meses, foi o primeiro, e minha barriga esta grande e flacida , no segundo dia do hospital uma medica achou que eu estava con hernia, fiz um utrason mais nao apareceu , deu afastamento dos musculo, queria uma dica minha barriga ta como se eu estivesse com 3 meses de gestaçao, so posso ta com distase, como fazer exercicios

    Responder
  7. robertadesouza says:

    posso fazer aula de jump,spinner,e circuitos.

    Responder
  8. Andrea says:

    Boa noite. Tenho uma bebê de 1 ano e 3 meses. Tenho diástase e agora descobri uma hérnia umbilical. Minha musculatura está muito flácida. A bebê não nasceu tão grande, 3,640kg, porém, para mim, que sou muito miúda, foi um bebê grande e minha barriga ficou gigante!Minha médica aconselhou fazer um trabalho de fortalecimento antes da cirurgia da hérnia e operar apenas quando minha filha tiver 3 anos para não correr o risco de carregar peso e perder a cirurgia, porém, estou com dificuldade em encontrar um profissional com experiência nessa área. Você tem alguma indicação em São Paulo? Outra dúvida é se não é arriscado esperar tanto tempo para operar?o uso de cinta ajuda?Agradeço desde já pela atenção.

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Oi Andrea,

      Eu devo ir a São Paulo dia 23 de maio. Vou mandar email para você.

      Responder
    • Jacqueline Damasceno Santos says:

      Olá,
      Tem 3 meses que tive minha filha, engordei 8 Kg, tomei cuidado na gravidez toda mas mesmo assim estou com diástase.
      Minha obstetra liberou musculação pesada para recuperar os músculos do abdômen, porém após ler essa matéria acredito que a mesma não é especializada em casos de diástase.
      Estou morando no RJ e por aqui não encontrei nenhum especialista na área.
      Por favor quero fazer uma avaliação com vocês, sou skatista e preciso quanto antes voltar a praticar.
      Aguardo contato
      Obrigada

      Responder
  9. zoraide says:

    Olá meu bebê nasceu com 4200kg e já está com 6 meses mas parece q estou grávida. Gostaria de saber o endereço de vcs p uma avaliação.

    Responder
  10. dahyenne says:

    Olá. Tive gêmeos e Estou com diástase abdominal. Já se passaram dois anos do parto. Ainda é possível recuperar com Exercícios? Moro em Goiânia, indicam algum profissional Daqui que seja Capacitado? Parabéns pelo artigo e trabalho desenvolvido.

    Responder
  11. iris neves says:

    Oi. Descobri que tenho deastese a pouco tempo, e estou muito preocupada pq já faz quase 2 anos que meu filho nasceu… O que eu faço ?

    Responder
  12. Luciana Guerra says:

    Olá! Faço natação há muito tempo inclusive nadei até ter meus dois filhos. Tive o segundo há 1 ano e meio e a diastase ainda continua. A natação aumenta a diástase?

    Responder
  13. juliete says:

    Ola doutor sou de Betim MG e gostaria de saber qual especialista que devo procurar para fazer o tratamento da diástase.

    Responder
  14. Marcela says:

    Olá. Tive duas gestações e na primeira delas o músculo já rompeu, a obstetra afirmou isso 6 meses após o parto. A segunda gestação foi a 6 meses atras, engordei 20 quilos e o bebe nasceu com 4,60kg. Já voltei ao meu peso de 65 kg mas a barriga está elevada. Isso incomoda, pois tem dias que forma muitos gazes e cada dia a barriga parece estar de um jeito, tem dias que parece mais inchada.
    Sou de Curitiba, você teria alguém para me indicar. Tenho vontade de ter mais um filho, será que é o caso de tratar depois desta outra gestação ou já ir tratando agora? Obrigada

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Você precisa encontrar um fisioterapeuta que trabalhe com diástase urgente e ja ir trabalhando, achar um professor de Pilates e iniciar aulas antes de ficar gravida novamente, e continuar trabalho de Pilates antes e após o parto, mas, cuidado com o profissionais que vai encontrar.

      Responder
  15. patricia says:

    Quero engravidar e já na hora do parto Cesário quero fazer a cirurgia da diastase do retos.posso fazer,já que já fui uma vez diagnosticada?

    Responder
  16. Mara says:

    Oi Boa Noite gostaria muito de sua ajuda ja faz 4 anos que tive minha filha em uma cesariana e Minha barriga nunca voltou ao normal mas sob descobrir a diastaze agora o tratamento resolve

    Responder
  17. CristianE Silva Sousa says:

    Bom dia. Gostei muito da explicação é de saber que nem sempre é preciso fazer cirurgia plástica para tudo , exercícios ajuda mais. Obrigada.

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Cristiane mas para quem diástase nao é qualquer exercício, e algumas vezes (a minoria das vezes) somente cirurgia resolve. Obrigado pelo comentário

      Responder
  18. cristina maria de oliveira says:

    Eu tenho diastese .fez uma cirugia de hernia umbilical gostaria de saber se diastese prejudica disgestaõ sempre que como algum tipo de comida sinto dor.faço pilates 3veze por semana.

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Cristina teria que avaliar você. Será que seu programa de exercício esta correto? Uma diástase não deveria manter se vc estivesse fazendo programa correto. Existem Pilates e pilates, como em toda profissão. Assim como não significa que todo fisioterapeuta é professor de Pilates, nem todo professor de Pilates é bom para reabilitar diástase. Procure seu obstetra ou um médico, ou fisioterapeuta que trabalhe e tenha experiência com diástase

      Responder
  19. Enrique m. m. Fernandez Martin says:

    Boa tarde Dr Alaor , Esse problema so aparece em mulheres?? e em homens? Já fiz cirurgia há vários anos, mas estou notando que está começando a dilatação ,como faço pilates gostaria de ter uma orientação a professora já foi informada
    Agradecendo sua atenção
    sds
    Enrique m. m. Fernandez Martin

    Responder
  20. ENRIQUE M M FERNANDEZ MARTIN says:

    moro no bairro da Serra minha professora é a Barbara da inLootus pilates tb no bairro Serra em bh gostaria de indicação de especializadas em diástase do reto abdominal

    Responder
    • alvaroalaor says:

      eu não conheço alguém específico que trabalhe com isso, mas te encaminharei alguns estúdios em BH que eu conheço os profissionais. Caso queira pode pedir sua professora para entrar em contato.

      Responder
    • Kezia says:

      Olá! Tenho 42 anos e tive 3 filhos, o mais novo está com 1 ano e 7meses .
      E depois de passar por varios médicos e especialidades e muitos exames até colonoscopia, hoje fui diagnosticada com diastase da musculatura reto abdominal.
      Sinto dores do lado esquerdo, não foi detectado hérnias.
      Moro em contagem, região metropolitana de Bh em Minas .
      O senhor teria algum profissional pra’ me indicar? Estou perdida!
      Muito obrigada.

      Responder
  21. Enrique m m f marrtin says:

    muito agradecerei

    Responder
  22. Rozane Karla Silva de Oliveira says:

    Olá, Bom dia! Descobri a pouco tempo q tenho diástase. Meu filho está com 2 anos e sete meses. sinto muitas dores na lombar, peso na barriga e estou começando a ter incontinência urinária. Moro há 3 horas de Brasília, mas sempre vou até aí com frequência. Pode me passar seu email?

    Responder
  23. Keni says:

    Olá Alvaro,,em que se diferencia esse tratamento da técnica tupler?????

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Eu não sei bem te falar o que é esta tecnica, não tenho formação nela, o que eu sei é que ela usa uma cinta abdominal. O que posso te responder é sobre como eu trabalho e não trabalho usando cinta. MEU TRABALHO EU QUERO QUE VOCÊ READIQUIRA A “CINTA” QUE TEMOS NATURALMENTE EM SEU CORPO, que envolve ganhar não somente força muscular na região do abdômen. É preciso ganhar uma sinergia e equilíbrio muscular. Em meu trabalho isso não advém de nenhuma protese, ou meio meio esterno mas da adequada utilização do corpo, para isso usamos vários meios, respiração, movimento, algumas coisas do pilates. etc

      Responder
  24. Ticiana says:

    Ola Alvaro,

    Tenho 11 dedos de diástase abdominal, sei que primeiramente a indicação seria cirúrgica, mas não me agrada a ideia.
    Tentei a técnica tupler, mas assim que tirei a faixa o musculo voltou a abrir (talvez eu não tenha feito os exercícios da forma ideal).
    Gostaria de saber se com o pilates eu consigo ao menos diminuir a metade o tamanho da diástase e se vocês tem um programa especifico que possa me ajudar.

    Desde já obrigada,

    Ticiana

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Ticiana, tudo bem? Obrigado por postar. Eu precisava ver, como assim, 11 dedos, acho que mediu de cima para baixo, certo? Se você procurar Pilates não vai resolver, e dependendo do que anda se falando ser Pilates por aí, vai piorar. Nós usamos alguns exercícios do Pilates, não todos e nem tudo dele pode ser feito.Eu teria realmente que avaliar você para poder traçar um prognóstico. Você mora em Brasília?
      abraços
      Alvaro

      Responder
      • Ticiana says:

        Bom dia Alvaro.
        Kkkkk não, a medida são 11 dedos medidos na horizontal, na altura do umbigo. A coisa é feia mesmo. Rs
        Eu não moro em bsb, mas vou com muita frequencia praí.
        Eu moro em Manaus e justamente fiquei com medo de procurar alguem aqui.
        Quando eu for, posso te procurar?

        Responder
  25. Thamiris says:

    Olá tenho uma filha de sete meses e me auto avaliando em casa acredito ter uma diastase de cerca de três dedos (farei ultrassonografia dia 21 para saber mais precisamente) gostaria de saber em quanto tempo se a diastase for realmente deste tamanho eu consigo fechar totalmente e saber tbm se como já tendo diastase uma vez se em outra possível gravidez o risco de ter diastase de novo seja maior, desde já obrigada!

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Thamiris se você não cuidar e manter um trabalho correto, é enorme a chance de ter outra diástase.
      O tempo para fechar depende de cada pessoa, dedicação aos exercícios, se existe alguma outra doença por trás da diástase.
      Obrigado
      Alvaro

      Responder
  26. Patrícia says:

    Oi Alvaro, boa noite!!!
    Me chamo Patrícia. Quero primeiro te parabenizar pelo seu tempo dedicado a nós e seu trabalho.
    Fiquei com hérnia umbilical e diastase após primeira gestação e piorou com a segunda. Sempre fui magra, minha barriga ficou enorme para um corpo com uma Est: 1,58 cm e na época, P: 43 kg.
    Não irei ter mais filhos, fui acompanhada pelo meu obstetra e já fui em 4 cirurgiões. Todos falaram em cirurgia, mas só achei um médico para fazer a cirurgia da hérnia pelo meu plano e nenhum pra fazer a diastase ( só particular e é muito caro para as minhas condições no momento). Já se passaram 5 anos, será que pillates ajuda corrigir a diastase que é parecida com a primeira foto postada, é pequena, pra só depois eu fazer a cirurgia de hérnia?
    Moro em Quissamã/ RJ.

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Patricia, obrigado por escrever.
      Se você entrar em um programa de Pilates normal provavelmente você não melhorará sua diástase ou mesmo pode ate piorar.
      Tem que ser um trabalho específico voltado para este problema. Se você encontrar uma pessoa que faça o trabalho de
      forma certa provavelmente você consegue fechar.

      abraços
      Alvaro

      Responder
  27. Alda Barra Nova De Melo says:

    tive uma filha há seis anos, tenho adquiri metástase e hérnia umbilical, agora que descobri. quais as chances de me curar com qualquer procedimento? ALDA

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Alda muito difícil eu dar qualquer parecer assim, melhor procurar um profissional perto de você. Obrigado por comentar aqui, espero ter ajudado você

      Responder
  28. Ana paula raulindo says:

    Olá sou ana paula lendo está reportagens acho que indentifiquei meu problema tive um menino 4kilos a três anos foi cesariana tive contração abdominal no início dos 4 meses se gestação mesmo a pós o nascimento continuarão cando completou um ano FIS uma abdominoplastia mesmo assim continuou as contração abdominal ilfava muito como um balão até q rompeu os pontos d enbigo meu médico não sabe o que aconteceu agora precisemos refazer uma nova cirurgia abdominoplastia já fãs 3meses e divino recomeçou as contração abdominal e ilfar muito meu médico continua a não saber o que está a acontecendo comigo tenho muita dor no lado esquerdo por favor se vcs poderem me ajudar. Obrigada

    Responder
  29. Elaine says:

    Gostaria de saber se voce atende no RJ. Obrigada

    Responder
  30. taissa says:

    Gostaria de saber se posso ter mais filhos com diastase

    Responder
  31. Michelle C Lobo says:

    Boa noite,tenho 35 anos,e quatro filhos,os últimos dois foram”cesarianas”com diferença de 2 anos e 10 meses,tenho síndrome miofascial e nós últimos meses tenho sofrido muito com dores no quadrado lombar,”ponto gatilho”,próximo a coluna e a dores pélvicas terríveis,que estão trazendo fraqueza muscular nas pernas.Coisa que nunca tive!!!Musculatura sempre rígida e dolorida principalmente do lado direito do abdômen.A pressão com a palma da mao sobre o abdômen,causa-me dor…já fiz tomografia e nenhuma anormalidade foi constatado.Ressonancia da lombar acusou protusao discal L5.Treino Pilates a um bom tempo,e após 4 meses do resguardo,voltei a praticar,e revezar os dias praticando musculação,onde houve uma piora nesse quadro.O meu Osteopata faz pressão sobre essa musculatura rígida da barriga,a fim de soltá-la…mas não tem tido melhora!Com esse relato todo,e possível saber se a diastase pode estar tão severa a ponto de comprometer todos esses músculos?Por favor me ajude!!!

    Responder
  32. Andrea says:

    Olá! Estou com diástase de uns 2 dedos mais ou menos. Meu filho tem 3 meses, nasceu com 3,390, tive parto normal, minha barriga ficou grande na gestação. Agora ficou um buchinho e uma bolinha no meu umbigo. Mas sem muita flacidez, minha médica examinou e disse que, como tenho a musculatura do abdômen forte, olhando não dá pra perceber muito, apenas apalpando. Eu sempre fiz esporte, musculação. Mas fico com receio de fazer algum exercício que possa piorar a diástase. Meu filho só tem 3 meses e ainda está em amamentação exclusiva, seria muito difícil pra mim me ausentar para fazer qualquer atividade nesse momento. Tem algum exercício que posso fazer em casa? Devo procurar um profissional logo ou posso esperar?
    Obrigada pelas informações e ajuda!

    Responder
    • Yulli Martins says:

      Ola! Sou de Slz-MA, meu gastro achou que eu tinha uma hernia umbilical, mas fazendo uma ultrassom descobriram que eu tenho uma diastase de +/- 4 cm na região do umbigo. Minha filha só tem 3 meses, mas pesa 7kg. Gostaria de saber se carrega-la pode ser prejudicial pra diastase e se conhece algum profissional aqui em São Luis. Obrigada

      Responder
  33. Patricia says:

    Olá Álvaro. Vc tem alguém para indicar em Curitiba? Obrigada!

    Responder
  34. Edilene says:

    Olá! Que médico preciso consultar para uma avaliação? Vc só atende no Lago Sul?

    Responder
  35. Larissa Fernanda says:

    Olá Alvaro,
    Tenho diástase de 3 dedos, gostaria de saber se vc conhece algum profissional aqui em Bauru-SP, que possa me ajudar e me orientar com exercicios?
    Desde já agradeço.

    Responder
  36. francisca says:

    tenho 33anos 3filhas e uma diástase desde a primeira gravidez a 12anos ,parece barriga de 3 meses de gestação me sinto feia e tenho muito desconforto abdominal, 1mes e 20 dias retirei uma hérnia umbilical não tenho condições financeiras de fazer uma cirurgia e não sei se tem profissional dessa area em minha cidade,sinto muitas dores e estou pensando em usar sintas abdominais diariamente para sustentar o abdome não sei se é uma boa ideia mas não sei oquê fazer pois só agora que vim descobri meu problema através desse site. tive uma cesaria e 2 partos normais.obrigado ,por favor me mande um email.

    Responder
  37. francisca says:

    não recebi seu email, por favor me envie novamente.

    Responder
  38. Vanessa says:

    Boa tarde a muito tempo venho procurar respostas para me ajudar, me incomoda a diastase fiz ultrassom e consta tamanho de 6 cm, isso ocorreu a quase 4 anos apos gravidez.. Será que meu caso e so cirurgico? sinto muito desconforto costas.

    Responder
  39. maira says:

    bom dia. Tenho diastase e flacidez, acabei de fazer uma cirurgia de hernia umbilical e epigastrica. Estou procurando fisioterapeuta que trabalhe com diastase mas nao estou encontrando, o senhor indica algum profissional em SP? obrigada

    Responder
  40. Bianca says:

    Olá. Teria algum profissional qualificado para indicar em Jundiaí, SP?

    Responder
  41. keity says:

    Boa Noite! tive um bebe no dia 15/06/2015, foi cesariana e é o meu segundo filho. Na primeira gravidez foi tranquilo. Porem nesta segunda cesariana reparei que ja estava com 2 meses e ainda sentia dores fortes proximo ao umbigo e logo acima da incisão. Entao procurei meu obstetra para ver se tinha algo errado. após vários exames, incluindo ultrasom e tumografia, identificaram hernia umbilical e diastase, mais nao me disseram qual o tamanho da diastase. Farei a cirurgia da hernia.. Porém como farei o tratamento da diastase?? que médico posso procurar??? cirurgiao geral, gastro, obstetra??? me ajudem por favor no que devo fazer para tratar a diastase, pois sinto muita dores nas costas apor essa ultima cesariana.. sou de cuiaba/mt existe algum profissional qualificado nesta area aqui??

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Keity o cirurgião poderá fechar sua diástase, melhor se for um cirurgião plástico.
      Mas você precisa entrar, assim que liberada, em um programa para fortalecer seus músculos
      pélvicos, aconselho Pilates.
      Boa sorte!
      Alvaro Alaor

      Responder
  42. keity says:

    Entao farei a cirurgia de hénia esse mes, e lá pelo ano que vem ele me liberara para os exercícios , por isso perguntei que médico pode me orientar depois como trato a diastase, se é o gastro entende. Pois não quero fazer essa cirurgia de abdominoplastia… Ja fiz quem fez e não gostei muito do que vi.. Quero tnta resolver com exercicios..

    Responder
  43. Ericka says:

    Olá, gostaria de mais informações sobre esse artigo!!!
    Se possível entre em contato por favor!!

    Responder
  44. Luciano says:

    Vcs indicam alguém aqui em São Paulo para tratar diastase reto abdominal masculino?

    Responder
  45. Maria Luiza Teixeira says:

    moro em Minas Gerais , tenho diástase minha barriga está muito grande , tenho medo de cirurgia qual outro procedimento poderei tomar? Atenciosamente : LUIZA

    Responder
  46. Luciane Knevitz Tosin says:

    Boa tarde, até que enfim achei um nome para esses sintomas. Faz 4 anos que tive minha filha, parto cesárea, mas desde o 7º mês tive contração e dilatação de 2 dedos, mas ela nasceu com quase 9 meses. Engordei apenas 10 Kg na gravidez. sou magra, mas minha barriga nunca voltou ao normal, mesmo usando cinta e fazendo tratamento estético, a minha barriga parece que são 2 barrigas (uma do lado da outra), tenho problemas na bexiga, que até pra espirrar, se eu não cuidar, vaza xixi na calcinha, mas já fiz exames e não mostra infecção urinária, e tenho muita dor nas costas, na região do quadril. Isso tudo tem tratamento? O problema na bexiga e dor nas costas está relacionado com a diastase? Tem como indicar um profissional aqui em Farroupilha ou Caxias do Sul no Rio Grande do Sul? Pois minha gineco/obstetra e urologista não conseguem me ajudar. Por favor, aguardo respostas. Obrigada, Luciane Knevitz Tosin.

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Luciane
      Tudo pode estar relacionado sim com a diástase.
      Eu não conheço nenhuma profissional em sua região que possa te tratar.
      Mas se conseguir um fisioterapeuta uro ginecológico pode fazer com ele que ajudara no seu problema
      de incontinência urinária.

      Responder
  47. luciana says:

    Boa tarde descobri uma diastase a pouco tempo meus filhos são grandes mais a diastase esta muito grande como faço para realizar a cirurgia sabe me explica se consigo pelo sus sou moradora de são Gonçalo estado do rio de janeiro.

    Responder
  48. nilbia says:

    Olá sou de Fortaleza, conhece alguém aqui , em diastase por favor!

    Responder
  49. Patricia says:

    Ola Alvaro. Descobri o que era diastase apos minha gravidez atraves de uma amiga. Meu obstetra nao diagnosticou. Sempre pratiquei atividade fisica, corrida e pilates para fortalecimento muscular e engordei apenas seis quilos na gestacao. Meus musculos abdominais sempre foram fortes. Apos 2 meses do meu parto cesarea ja estou com meu peso anterior, porem a barriga ainda esta inchada e flácida e pelo que constatei uma diastase de 1 cm. Alem disso adquiri uma hernia umbilical. Ja pesquisei sobre os exercicios abdominais corretos para corrigir a diastase mas tenho receio de fazer e piorar, inclusive o problema da hernia. Voce poderia indicar quais os melhores exercicios para o meu caso? Obrigada.

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Patricia não aconselho você seguir receita de internet porque isso não existe. Se profissionais formados lidam mal com a questão diástase imagina se daria certo seguir dicas de internet para fechar diástase. Sendo assim, acho que vc deve ir em um profissional que possa e saiba tratar a diástase.

      Responder
  50. Cristina says:

    Gostaria muito que vc me orietacer.Descobri que tenho diastese fui fazer pilates 3vezes por semana mas estou preocupada porque depois de 7meses fui repite a ultrasom à diastese aumento o que fazer e ainda mas estou com outra hérnia bem pequena o que fazer.grata cris

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Cristina a minha orientação é vc parar este Pilates, ele esta fazendo vc aumentar a diastase. Procure outro profissional. A maioria nao sabe trabalhar com diastase e vc somente deve voltar atividades fisicas com diastase fechada, se nao encontrar profissional avalie cirurgia plástica e depois voltar para atividade física.

      Responder
  51. Ronaldo Ribeiro Granja says:

    Há cerca de 02 anos descobri que tenho diástase de 04 cm e hérnia umbilical ainda não muito proeminente. Talvez, visto o que li a respeito da diástase, esta tenha sido a causa da minha instabilidade do lombar que me levou a fazer uma cirurgia de artrodese, há 03 anos, na L5 S1 (04 parafusos e 01 espaçador). A instabilidade melhorou, não me deixa mais travado, mas passei a ter queimação / dormência na coxa da perna direita e alguma dor quando sentado no músculo posterior da canela. Estou achando que tudo tem a ver com o afastamento de 04 cm dos músculos do abdômen. Sou do RJ e lhe rogo que me indique um cirurgião que possa avaliar e resolver de vez esse problema pois sempre pratiquei mutos esportes e, agora, me sinto limitado. Antecipadamente agradeço a sua atenção. Ronaldo.

    Responder
  52. Sonia Maria de Abreu Pinheiro says:

    Tenho diastase reto abdiminal. Sinto fortes dores no abdômem de quase morrer. Já fiz todos os exames e nada acusa. Estive pra operar mas desanimei. Agora lendo esse artigo descobri que tenho muito a haver inclusive uma terrível incontinência urinária. Tenho 70 anos, boa saúde. Será que devo operar? Já fui recomendada por vários médicos. Obrigada

    Responder
    • alvaroalaor says:

      É muito difícil eu dar uma opinião sem eu ver e avaliar. A mais honesta que posso dar é você encontrar um médico de sua confiança e aí decidirem juntos.
      Obrigado por escrever

      Responder
  53. Ana Paula Ribeiro Miranda Protti says:

    Olá, doutor Alvaro!!! Tive dois filhos com uma diferença de 1 ano para outro, a última foi a 5 anos, tenho uma diástase gigante e muita flacidez, sou magrinha mas parece que estou grávida preciso de ajuda aqui em SP, não gostaria de ter que recorrer a uma cirurgia plastica, tem alguém que o sr. possa me indicar?

    Responder
  54. Michelle Abreu says:

    Bom dia,
    Nunca fiquei grávida e não estou grávida no momento. Porém, reparei “buraquinho” na minha barriga na pré adolescência e hoje já possui mais de 6cm de distanciamento do musculo. Entratanto, aparece so abaixo do umbigo, em forma de traço na horizontal… nesses casos, qual médico procurar?

    Responder
  55. leidiane ferreira says:

    Boa noit meu nome e leydyane tive o ploblema que se chama musculo rompido e estou gravida de novo mais na primeira gestação minha barriga ficou muito grande e meu umbigo nao voltou ao normal ficou para fora isso atrapalha na sequnda gestação

    Responder
  56. Elvira says:

    Oi Álvaro, tenho dois filhos um com 3 e outro com 2 anos e tenho diástase. É possível corrigir? Teria algum profissional habilitado em Recife que vc indique?
    Obrigada.

    Responder
  57. Fernanda França de Almeida says:

    Oi, bom dia

    Não conhecia a respeito desse assunto e conversando com uma amiga que me falou pois ela teve diastase então fiz o autoexame, confesso que não tenho certeza, porém todos os sintomas são iguais aos que já li e principalmente as dores nas costas e pernas, tive só um filho mas como eu era bem magra e na minha gravidez minha barriga figou enorme, imagino que deva ter sido o motivo desse problema, agora meu filho já tem 4 anos e meio e minha barriga ainda esta como se eu estivesse acabado de ganhar bebê, ainda consigo reverter esse quadro?

    Responder
  58. mariliza says:

    sou mãe de dois meninos, quando engravidei a 1ª vez eu pesava 60kg e meu bebe nasceu com 3900 e o 2º nasceu com 3950 eu tinha a barriga chapada hj em dia tenho dastese, na parte debaixo do meu umbigo e em cima como posso fazer para nao presisar fazer abdplastia

    Responder
  59. Fabiana says:

    Boa Noite…….muito esclarecedor seu post , preciso de ajuda , tenho Diastase reto abdominal , minha barriga eh enorme , tenho uma hernia umbilical e outra inguinal , agora lendo ak entendi q tbm tenho incontinencia urinaria , sofro com muitas dores , fortissimas , estou 30 kg acima do Meu peso , tenho problemas na coluna , regiao lombar, nao consigo fazer RPG por sentir muitas dores abdominais …………..enfim parece q estou no fundo do poco, PRECISO DE AJUDA , sou de Araraquara – SP . Meu gastro me deixa no vacuo , minha GO , diz pra emagrecer e fazer abdominoplastia , mad pra isso pedem q EU perca 30 kg , me ajuda , de indicacao de algun medico ports or….

    Responder
  60. Fabiana Aranha says:

    Boa noite , adorei seu artigo , ja sabia q tinha diastase retro abdominal , mas tengo mais q isso , tenho hernia umbilical , percebi que estou com dificuldade de segurar a urina , tenho muitas dores no abdomem , muitas colicas intestinais e problemas ña coluna , tomo muitos remedios , estou acima do peso , vivo nesta situacao a 6 anos , pode me ajudar SOCORRO

    Responder
  61. vivian says:

    Olá Álvaro minha dúvida é q comecei pilates C 50 dias pos cesaria. A fisioterapeuta me fez realizar abdominais. Perguntei se n faria mal. Ela disse q não. Não teno diastase segundo ela me examinou . Posso realizar sem medo? Obg

    Responder
  62. Simone says:

    Olá!
    Tenho dois filhos, o mais novo com 3 anos. Após a última gestação, fiquei com um carocinho no umbigo, que em conversa com a médica que fez uma ultrassonografia do abdomen total disse ser uma pequena hérnia. Gostaria de saber se mesmo após o surgimento de hérnia é necessário cirurgia ou se com exercícios é possível reverter o quadro. Estou magra e o espaçamento entre as paredes do abdomen não é grande, mas tenho medo de piorar o problema. Minha situação é idêntica à da Patricia, do comentário de 12/12/15. A questão é que minha GO não está nem aí e eu nem sei que médico ou fisioterapeuta procurar. O Sr. tem alguma indicação de profissional em SP/capital?

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Simone especificamente teria que ver e avaliar pessoalmente. Eu não conheço profissional em São Paulo
      Acredito que possa sim ser resolvido com exercícios direcionados.

      Responder
  63. marineusa rocha says:

    Já tive tres filhos,mas depois que fiz a cirurgia de mioma,após cinco dias a minha barriga ficou enorme,já vai fazer dois anos,sinto muitas dores abdominais pesquisando acho que estou com diastáse será que ainda tem como resolve-lo com exercicio.

    Responder
  64. Jessica says:

    Oi tive nene ha 2 meses e acho que estou com diáfise o que faço

    Responder
  65. Camila Ambrósio says:

    Ola Dr, tenho 25 anos tive uma gestação há mais ou menos 11 meses, de um mês pra cá venho sentindo muitas dores pélvicas, na região do umbigo e nas costas tbm que parecem ser dores musculares quando faço algum esforço dói muito mais. Li o artigo mas ñ me encaixo nas estatisticas, só tive uma gestação engordei 13 quilos e minha filha nasceu com 3,220, e só comecei sentir essas dores agora recentemente. Porém tenho 1,60 de altura e emagreci muito rápido, meu peso normal era 55/56, estou com 49/50 e não saio disso. Creio que deva ser pq ainda amamento. Mas fiz o teste e deitar no chão, além de notar uma protuberância também consigo colocar os dedos entre os espaços dos musculos. Gostaria de saber se pode mesmo ser diastase?

    Responder
  66. Erica says:

    Alvaro preciso de ajuda.
    Fiz uma cesariana em 2012, só tenho uma filha e só agora descobri que tenho diastase. Sinto dores finas e esporádicas na região do umbigo. Perdi o contato com minha obstetra. Qual especialista devo procurar? Ainda é possível fechar? Sou de Salvador-Bahia. Me ajude por favor.

    Responder
  67. Vanessa says:

    Qualquer espaçamento da diástase tem cura através do pilates ou há casos que somente são resolvidos com cirurgia?

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Vanessa primeiramente não é pilates que trabalha para melhorar a diástase.
      Então não significa que esta escrito na porta Pilates sabe trabalhar diástase.

      Responder
  68. Renata Alvim da Silva says:

    Olá! Gostaria de tirar umas dúvidas:
    Em maio/2015 eu descobri que eu tinha um cisto no ovário esquerdo pelo USG de rotina pedido pelo ginecologista, mas só tive coragem de retirá-lo em novembro/2015. O cisto estava bem grande quando descobri, e no meio tempo entre a descoberta e a retirada, ele cresceu ainda mais, quando eu o tirei, ele tinha aprox. 900 cm³ de volume (o tamanho de um melão). Agora faz quase 6 meses que tirei o cisto, mas minha barriga continua do mesmo tamanho (parece de gravidez de 5, 6 meses). É possível ter diástase por causa de um cisto?! Poderia ser este o meu caso?! Qual a melhor especialidade médica que eu deveria procurar para tirar essas dúvidas, uma vez que sinto minha barriga bem dura, e um pouco de indisposição para fazer as coisas. Eu tive uma filha em jan/2011, nasceu de cesárea, mas depois de 1 ano minha barriga já tinha voltado ao normal. Estou preocupada, pois nunca me senti assim. Fico no aguardo de um retorno, e desde já agradeço!

    Responder
  69. Deyseane says:

    Bom dia! Hoje recebi o diagnóstico de uma diástase de 4cm e uma hérnia umbilical de 1cm que vou ter que operar. Após quanto tempo da cirurgia para retirada da hérnia posso começar um programa de exercício? Você indica algum profissional da área em Juazeiro do norte/ce?

    Responder
    • alvaroalaor says:

      A pessoa mais indicada para responder suas respostas é o cirurgião.
      Quanto a questão de conhecer alguem para te acompanhar quando estiver liberada
      em Juazeiro eu não conheço nenhum profissional

      Responder
  70. Tatiane Batista says:

    Por favor, gostaria de me comunicar com vc para saber mais sobre o assunto pois tenho tenho certeza que tenho este problema desde minha primeira gravidez pois meu primeiro filho nasceu com 4 kg e nunca mais minha barriga voltou ao normal.Gostaria muito de fazer o tratamento antes de pensar em abdominoplastia, começo por onde ?

    Responder
  71. Glaucia says:

    Posso engravidar tendo diastese?

    Responder
  72. Alexandra says:

    Olá,
    Estive a ler o seu artigo sobre a diastase dos retos abdominais pois estou desesperadamente a procura de respostas. Tive o meu segundo filho há 10 meses atrás e estou com uma diastase de cerca de 3/4 dedos e uma hérnia umbilical. Sempre pratiquei exercício, antes, durante e depois da gravidez. O problema é que sou de Portugal e não encontro aqui profissionais especializados que consigam esclarecer me. Todos aqueles que consultei têm opiniões diferentes e estou neste momento sem saber o que fazer com receio de estar agravando o meu problema. Por isso peço lhe encarecidamente que me dê uma ajuda à distância se possível.
    Obrigada

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Alexandra me envie um email alvaroalaorpilates@gmail.com conheco uma pessoa que pode te ajudar em Viseo

      Responder
      • Sandra says:

        Olá Doutor. Também moro em Portugal (tal como a Alexandra) e estou a aguardar consulta com o meu médico de clínica geral para ver o que posso fazer para tratar uma hérnia umbilical e possível diástase (na minha opinião).
        Seria possível o Dr. passar o contacto do profissional que conhece em Portugal, de Viseu, e que passou para a Alexandra (mensagem de 23/05/3016 às 18:39), por favor? Fico muito agradecida.

        Responder
    • Sandra says:

      Olá Alexandra. Também sou de Portugal, li o seu depoimento e gostava de lhe fazer umas perguntas, se possível. Fui mãe pela segunda vez há 4 meses, a minha GO disse-me que tenho uma hérnia umbilical e depois do que li penso que também tenho diástase… já marquei consulta com o médico de família mas não sei muito bem o que esperar da consulta…
      Como é que foi com a Alexandra? Já resolveu a sua situação? Disseram-lhe que seria possível reverter a diástase e a hérnia apenas com exercício? Eu queria evitar a cirurgia mas não sei o que o médico me vai dizer também…
      Desculpe incomodar, mas se me puder ajudar agaradeço-lhe muito!

      Responder
    • Sandra says:

      Olá Alexandra. Também moro em Portugal e também fiquei com uma hérnia umbilical e diástase dos retos abdominais depois de duas gravidezes… queria falar com algum profissional que entenda do assunto e se possível corrigir estas situações sem cirurgia…
      A Alexandra pode enviar-me o contacto do profissional em Portugal que tratou da sua situação? Ficou resolvida?
      Obrigada e desculpe o incómodo.
      Sandra

      Responder
  73. Alessandra Mauricio Silva says:

    Olá, gostaria de indicações para o tratamento… Acredito que tenho esse problema de diastase, pois apos minha gestação há 8 anos fiquei com a barriga saltada, com estas caracteristicas. Tive hernia umbilical e fiz cirurgia para retirada da hernia. Sou magra, peso 59,5 com 1,60 de altura. Meu corpo tem pouca gordura e minha barriga está assim, horrivel, me sinto muito mal. Estou a procura de tratamento em São Paulo, gostaria de um socorro, você tem alguma indicação por favor!? Grata

    Responder
  74. Ema says:

    Oi, tenho um bebé com 2 meses, já tinha reparado que ele tem um “alto” que sai para fora a meio da barriga, no sentido vertical, e a médica do posto de saúde disse tratar-se de uma diástese dos retos abdominais e que era uma situação frequente e normal em recém-nascidos. A minha duvida é se vai se resolver ou desaparecer sem nenhuma intervenção especifica. E também gostaria de saber se esta situação tem alguma influência no processo de digestão, pois o bebé parece ter dificuldade em arrotar, acumula muitos gases e parece ter grande desconforto abdominal, parece só se sentir bem na posição vertical, não sei se estas situações têm alguma relação entre si. Só amanhã vou à pediatra e ver o que ela diz mas agradecia muito a sua opinião e partilha de informação sobre esta situação no bebé! Obrigada

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Eu realmente nao tenho esta experiência com bebes o melhor será ir no pediatra

      Responder
      • Ema says:

        obrigada pela sua resposta de qualquer jeito, a pediatra não valorizou a diastese e também disse ser normal, não há problema desde que não surja hernia e irá resolver-se à medida que os musculos do bebé se forem desenvolvendo. foi diagnosticado com refluxo, daí o seu grande desconforto, já está medicado o que não me agrada muito por ser ainda tão pequeno mas tem andado mais aliviado… valeu!

        Responder
  75. Andrea says:

    Olá, Se tiver um estrutura em São Paulo ou algum profissional para indicar, agradeço (a.sano@uol.com.br). Obrigada, Andrea

    Responder
  76. daniele guedes says:

    Oi, meu nome Daniele e sou do Rio grande do Sul Porto alegre
    gostaria de saber se você conhece algum profissional capacitado aqui no sul para indicar que possa ajudar na minha Diástase.

    Obrigado.

    Responder
  77. Jane dos Santos Machado says:

    Tenho 70 anos peso 76 kg e tenho 1:61 de altura, tenho uma filha já com 40 anos que nasceu com 5kg. Já operei por duas vezes hérnias e agora num exame de ultrasonogarfia vi que tenho uma diastase,não sei se devo fazer pilates ou cirurgia, Nem sempre controlo minhas fezes e urina, Moro no rio de Janeiro. O sr pode me dar uma orientação?Muito grata. Jane.

    Responder
  78. Carolina says:

    Olá, fiz a cirurgia da diastase, dois meses após a cirurgia cinto dores horríveis no peito, fiz todos os exames cardiológicos e nada, fiz vários exames ortopédicos e nada. Procurei meu cirurgião e ele me fez uma aplicação de Triancinolona e melhorei por um mês depois as dores voltaram, pode ter relação com a cirurgia?

    Responder
  79. Vanessa says:

    Oi sou Vanessa moro em Anápolis.
    Minha filha está com 2 anos e 11 meses
    Pensei que tinha era hernia so q agora vi q os sintomas sao todos de diastase..
    Minha barriga e grade sinto dores nas costas.
    Quem tem diastase pode engravidar???
    Tenho muito medo pq minha bexiga foi prejudicada. A urina e muito presa.
    Será q tenho hernia tb?
    Como identificar se além de diastase estou com hernia?

    Responder
  80. Carina says:

    Nao tenho filhos e tenho diastase…. Seguidas de hérnias…. Oq eu faço….

    Responder
  81. Isabele says:

    Olá Álvaro , tenho diastase 4,2 cm a altura do umbigo , minha fila tem 1 ano e 9 meses , é estou grávida novamente. Será que pode piorar a diastase e será que consigo fazer exercícios pos parto , mesmo depois e tanto tempo ?

    Responder
  82. Dilliane Vasconcelos says:

    Olá, tenho duas filhas,passei por duas cesáreas,na segunda fiquei com hernia umbilical e diástase. Descobri que tinha diástase ja com minha filha tendo 3 anos. Isso meche muito com minha auto estima não consigo emagrecer minha barriga parece sempre esta inchada com a pochete chata,sinto dores horríveis nas costas, e as vezes quando me deito parece que tem algo fora do lugar quando apalpo minha bariga sinto até um incomodo. Minha filha ja tem 4 anos,ainda tem algum tratamento que possa fazer?ou só resolvo na cirurgia?o plano cobre isso?que profissionais eu devo procurar?

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Acho que plano de saúde não cobre isso. Profissionais que deve procurar: fisioterapeuta que trabalhe com diástase ou cirurgião plástico, mas este mesmo depois cirurgia vc precisara de fisioterapeuta

      Responder
  83. silmara says:

    bom dia me chamo silmara, tive duas gestações com diferença de 1ano e 4 meses e a ultima de gemeos , hoje com 7 anos , sinto dor tenho hernia no umbigo e em exercícios sinto muito ardencia , o medico daqui me proibiu de fazer exercício abdominais, será que so com cirurgia , mas que tipo de medico devo procurar para essa situação….

    Responder
  84. Fernanda says:

    Olá, vinque vcs estão bem preparados para tratar esse problema nas mulheres, porém o local onde vcs se encontram é muito longe para mim. Vocês teriam alguma unidade em águas claras ou Taguatinga? Se não, teria algum local para indicar com tanto conhecimento quanto vocês?

    Responder
  85. Valéria says:

    Oi tenho 2 dedos de diástase, as vezes quando me movimento sinto a musculatura do lado esquerdo se mexendo como se estivesse solta e as vezes ela sobe e vira uma bola perto do meu umbigo; e eu fiz uma cesária a 1 ano e 7 meses. Será que meu caso so se resolve com cirurgia?

    Responder
  86. Gizelle says:

    Bom dia, tem indicação de quem faz esse trabalho de reabilitação abdominal em Goiânia???

    Responder
  87. Carlota says:

    Boa Tarde, uma vez que sou de Portugal, tem algum cirurgião que aconselha para a cirurgia de abdominoplastia? Obrigada

    Responder
  88. Adriana Barbosa de Vasconcelos says:

    Olá Boa noite. Qual o médico profissional eu posso ver issso. Tive dois filhos um atrás do outro o último tem 3 ano nasceu com 4.275 Minha barriga parece que estou grávida de novo com os quatro meses. Por um acaso vi no yotube sobre esse assunto tenho hernia de disco e estava pesquisando sobre exercício qd vi isso. E gostaria de me aprofundar sobe o assunto. Onde devo ir? Ah meus dois filhos foram cesariana.

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Adriana em qual estado e cidade você esta? Você deveria ir ao seu obstetra porém muitos não falam a respeito ou vc deveria ir a um fisioterapeuta que trabalhe com diástase

      Responder
  89. Andrea says:

    Olá… Fazem 10 meses que tive meu segundo filho e verifiquei uma diastase depois desse parto. Acredito pq tenha desenvolvido esse afastamento pq precisei fazer uma cirurgia de apendicite durante essa ultima gravidez. Vcs poderiam me indicar algum fisioterapeuta que trabalhe com diastase em Recife-Pe?

    Responder
  90. Flaviane says:

    Dr fiz ultrassom em Janeiro estava com (0,7) abdome acabei de fazer outro ultrassom deu (1,8) Diastase pode romper mais?

    Responder
  91. Rodolfo Mattos says:

    Tem alguem especializado do RJ para indicar ?

    Responder
  92. joao Carlos garcia says:

    Eu tive uma diástase, sou homem e ela está com 2cm e começou em 3 dias não sou gordo!Pode ter acontecido por fazer muito esforço?

    Responder
  93. Tais Cristina de Oliveira says:

    Eu tenho diastase abdominal tenho tres ernias e apareceu depois de tres gravidez e todas foram cesarianas sinto muitas dores fui ao médico cirurgião e ele me passou para cirurgia plástica por que disse que os músculos abdominais se distanciaram muito agora tenho que pagar dez mil reais queria saber se tem um cirurgião plástico mais em conta?

    Responder
  94. Tais Cristina de Oliveira says:

    Boa noote me chamo Tais tenho diastase abdominal tenho tres ernias umbilical e supraumbilical e outra epigastrica gostaria de saber onde encontro profissional bom pra fazer cirurgia ja que preciso de cirurgia plástica?

    Responder
  95. Bianca says:

    Bom dia, Alaor! Tenho alguns “probleminhas” na coluna, no joelho. Na coluna,hérnias cervicais, anterolistese L5-S1 e comprometimento neural nos 4 membros. Ao menos foi isso que me explicaram e que a eletroneuromiografia mostrou.No joelho, condromalacia. Pra fechar com chave de ouro, tenho diástase…rs…Superior 3 dedos, meio, 5 dedos e inferior, 2 dedos. Estou tentando a técnica Tupler, mas confesso que esse lance da cinta é muito ruim. O neurocirurgião liberou apenas o pilates, que faço há algum tempo. Gostaria de saber se posso usar a cinta e fazer esses exercícios da técnica Tupler, pois dormir com a cinta é muito desconfortável para a minha lombar. Acordo moída. Levanto quase chorando…rs…Você trabalha com algum convênio?

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Oi Bianca tudo bem? Eu não tenho convênio, mas onde vc esta fazendo Pilates? Cuidado orientação mal feita pode piorar a diástase, se acredita no lugar que vc esta converse com sua professora sobre seu problema. Eu nao trabalho com a sinta de Tupler, então, não sou apto para falar deste assunto.

      Responder
  96. Marilia says:

    Olá meu nome é Marilia tiver uma gravidez é depois que tive minha filha descubri que estou com diastase reto abdominal é uma hérnia no umbigo sinto muita dor é consciência urinária.,hoje minha filha tem 4 anos minha barriga é grande como eu estivesse com 4 messes de gravidez é muita flácida..gostaria de saber se no meu caso é melhor uma cirurgia…

    Responder
    • alvaroalaor says:

      Marilia teria que avaliar para saber se ja ‘e caso cirúrgico. Procure um medico ou fisioterapeuta que trabalhe com diástase será a melhor forma de saber

      Responder
  97. Vanessa says:

    O tratamento da diástase deve ser feito por educador físico ou por fisioterapeuta?

    Responder
  98. Ivone says:

    Olá Dr fiz cirurgia bariátrica a mais de nove anos e agora fiz uma tomografia que deu diastase no músculo retoabdominal de 6,1cm, onde se observa segmento da alça de transversal , que apresenta íntimo contato com a parede abdominal. O que devo fazê?

    Responder
  99. Thays says:

    Oi eu queria saber se o meu caso seria uma cirurgia eu era muito magra depois da minha primeira filha minha barriga não voltou para o lugar, sentia muitas dores no abdômen, fui diagnosticada com o afastamento dos músculos, não fiz nada, a segunda gravidez do mesmo jeito só que minha barriga ficou maior parece que estou grávida de 5a6 meses o umbigo estufado mole e a barriga super flácida em baixo o que eu deveria fazer

    Responder
  100. KarenSP says:

    Ola, voce pode me recomendar algum profissional capacitado em Porto Alegre/RS?

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

UA-8881592-2
%d blogueiros gostam disto: